Odebrecht 2012

Índice
Fernando Barbosa
Fernando Barbosa Diretor Executivo do Estaleiro Enseada do Paraguaçu
Presidente do Conselho de Administração: Marcio Faria

Estaleiro Enseada do Paraguaçu

Ilustração de como será o Estaleiro Enseada do Paraguaçu: na foz do Rio Paraguaçu, a cerca de 42 km de Salvador, ocupará aproximadamente de 1,6 milhão de m, 400 mil dos quais destinados à preservação ambiental

Sintonizada com o aumento da demanda no setor naval e engajada nos desafios, cada vez maiores, da exploração de petróleo em alto-mar, a Odebrecht participa do Estaleiro Enseada do Paraguaçu (EEP), cuja construção se inicia em 2012. Os demais sócios são a OAS, a UTC e a Kawasaki Heavy Industries (KHI), esta última, parceira tecnológica estratégica. O estaleiro começará a operar em 2014 e estará voltado para a construção e a integração de unidades offshore, como plataformas, navios especializados e sondas de perfuração.

Com investimento de R$ 2 bilhões, o maior aporte de capital privado realizado na Bahia na última década, o EEP poderá processar até 36 mil toneladas de aço por ano, quando estiver em plena atividade. Durante sua construção, gerará 3.000 oportunidades de trabalho diretas e, após o início das operações, 5.000 oportunidades diretas e 10 mil indiretas.